sexta-feira, 10 de agosto de 2007

VERBD: 3º EPISÓDIO: 12 Agosto 2007, RTP2 - 13h00

Este episódio é exclusivamente dedicado aos métodos, técnicas e processos de trabalho dos onze autores.
Pequenas explicações são dadas pelos próprios autores, ora de todo o processo ora de uma técnica particular que tenham utilizado, assim como são reveladas as ferramentas de trabalho, os caderninhos de apontamentos, os arquivos de apoio, todo o campo por onde lavram...
Com a excepção de dois autores, todos "desenharam ao vivo" para o VERBD, e vemos assim revelado ainda uma outra faceta (a das mãos) dos mesmos autores.
Depois dessas introduções, seguem-se pequenos "telediscos" com imagens da arte original de todos eles.
(em nenhuma ordem em particular:)
Susa Monteiro finalizando uma prancha inédita (quando filmado)
Estatuetas kitsch/modelos de Isabel Carvalho no seu atelier
A imensa mão de José Carlos Fernandes segurando uma folha enquanto desenha a pincel
Luís Henriques a iniciar a passagem a tinta num das pranchas de Babinski, já disponível
Miguel Rocha pintando a óleo um estudo de uma personagem para um futuro projecto
Pedro Nora explicando um método experimental utilizado
André Lemos dando toques finais num desenho livre
António Jorge Gonçalves demonstrando o seu modo de desenhar digitalmente ao vivo (com projecção)
David Soares revelando um dos seus inúmeros cadernos de apontamentos e découpages dos livros feitos e por vir
Diniz Conefrey passando a tinta as riquíssimas e complexíssimas pranchas do seu projecto Tonalamatl.
Filipe Abranches esquissando a lápis uma base para um desenho a tinta-da-china

Depois deste episódio não pode haver quem ainda pense que é "difícil começar". É fazer.

2 comentários:

Urso Polar disse...

Apanhei hoje, por acaso, o programa a começar. Até agora não vira qualquer promoção do mesmo, nem sequer uma linha em qualquer dos jornais pelos quais passo os olhos.
Não só gostei do que vi, como fiquei com muita pena de não ter apanhado os dois primeiros que já foram emitidos. Avizinha-se a sua disponibilização no site da RTP?
Até lá resta-me esperar pelas 13h00 dos domingos que aí vêm.

Flashfinger disse...

Obrigado pelo interesse, e espero que consiga ver os próximos a uma hora normal. A responsabilidade de repetirem o programa ou o disponibilizarem no site é inteiramente da RTP, mas os telespectadores podem fazer essa insistência se escreverem nos comentários do seu site. Têm lá uma oportunidade para comentar sobre o programa e fazer sugestões e pedidos à televisão.
Quanto à promoção, talvez tenha sido ou distracção ou tenha passado por canais de informação que não tenha visto: no primeiro fim-de-semana, houve um grande destaque quer no Expresso quer no Público (para um programa destes de televisão), e não havia site sobre banda desenhada em Portugal que não falasse dele. Já para não falar da apresentação na própria RTP2, que começou duas semanas antes.
Quanto à equipa da produção, fizemos um imenso trabalho de divulgação e promoção, mas como compreenderá, foi feito no interior de um espaço limitado (se fosse uma longa-metragem, era de outra forma).
Obrigado,
Pedro Moura